Acesso Rápido

Beatificação de Carlo Acutis: “Não eu, mas Deus”

Jovem ítalo-britânico foi beatificado neste sábado (10) em Assis, na Itália

A juventude católica do mundo inteiro, conectada pela fé, tem um novo intercessor. O jovem ítalo-britânico Carlo Acutis foi beatificado neste sábado (10) em Assis, na Itália, apenas 14 anos após sua morte, em decorrência de leucemia, em 2006.

Carlo Acutis nasceu em Londres, mas viveu sua breve vida – apenas 15 anos – na Itália. Desde pequeno, revelou-se uma criança especial: sempre esteve envolvido em atividades que pudessem ajudar, de alguma forma, as pessoas mais necessitadas de sua comunidade.

Carlo foi muito ativo no ambiente digital, sempre promovendo sua fé na Eucaristia, atuando fortemente na evangelização.

Também por isso, hoje Carlo Acutis é uma grande referência para os agentes da Pastoral da Comunicação, conhecido como “ciberapóstolo da Eucaristia”.

Ele repetia constantemente: “Não eu, mas Deus”, refletindo também um ensinamento de outro santo muito querido entre nós, jovens, São Geraldo Majella, que nos ensinou que, “em tudo, devemos fazer a vontade de Deus”, e não a nossa.

(A propósito, nesta semana também celebramos esse nosso querido patrono, junto com Nossa Senhora Aparecida! Cola aqui no JM e não deixe de pedir aquela força pros nossos amigos patronos pra esse fim de 2020!)

Clique no vídeo abaixo e assista a cerimônia de beatificação de Carlo Acutis, na íntegra, na transmissão da Vatican News:

Eucaristia: estrada para o céu

A cerimônia foi presidida pelo Cardeal Agostino Vallini, enviado como representante do Papa Francisco, especialmente para a ocasião. No início da celebração, foi lida a carta de Dom Domenico Sorrentino, Bispo de Assis, onde ele pede à Igreja a permissão para inscrever o nome de Carlo no Livro dos Beatos.

A seguir, o Cardeal Vallini leu a Carta Apostólica do Papa Francisco, que diz:

“Acolhendo o desejo de Dom Domenico Sorrentino, bispo de Assis, e de muitos irmãos no episcopado e também muitos fiéis, e depois do parecer da Congregação para a Causa dos Santos, concedemos que o bem-aventurado Servo de Deus Carlo Acutis, que com o entusiasmo da juventude cultivou a amizade com o Senhor Jesus, colocando a caridade no centro da própria vida, a partir de agora seja chamado beato e celebrado todos os anos, no dia 12 de outubro, dia de seu nascimento no céu“.

Nesse momento, um imenso quadro com a imagem de Carlo Acutis foi desvelado e feita, a seguir, a entronização da relíquia de seu coração, que foi colocada ao lado do altar, depois incensada. No recipiente que guarda a relíquia, se lia a frase: “A Eucaristia é minha estrada para o céu”, que Carlo Acutis repetiu várias vezes em vida, desde que fez sua Primeira Comunhão, aos seis anos de idade. 

Milagre no Brasil foi decisivo para a beatificação

LEIA MAISCarlo Acutis: “Todos nascemos originais, mas muitos morrem fotocópias”cerimônia de beatificação de Carlo Acutis foi marcada por muita emoção, tanto dos familiares e amigos de Carlo, quanto de tantos e tantos jovens espalhados pelo mundo todo, em especial um jovenzinho, aqui no Brasil.

Matheus Lins, de apenas 10 anos de idade, foi o miraculado responsável pelo reconhecimento das virtudes que levaram Carlo Acutis à beatificação. O pequeno sul-mato-grossense sofria de uma grave doença no sistema digestivo e recebeu a graça da cura após tocar numa relíquia do, agora, beato Carlo.

Reprodução: Campo Grande News
Reprodução: Campo Grande News
O pequeno Matheus posa em frente ao altar que a família tem em casa, em Campo Grande (MS)

 

Muito religiosa, a família do menino contou à imprensa local* que Matheus havia nascido com uma condição rara de má-formação no pâncreas, o que fez com que seu desenvolvimento nos primeiros anos de vida fosse prejudicado.

Porém, aos 4 anos de idade, já muito esperto e falante, numa celebração a Nossa Senhora Aparecida na paróquia que a família frequentava, Matheus tocou numa relíquia do italiano e, espontaneamente, pediu a intercessão de Carlo Acutis para que “parasse de vomitar”. Além de demonstrar melhora quase imediata nos sintomas, exames seguintes mostraram que o pâncreas de Matheus não mostrava mais sinal algum de má-formação.

A transformação na família

Matheus tem um irmão mais velho, Angelo, que é autista. A mãe contou também a jornais locais que, com a visível melhora de Matheus, o irmão imediatamente assumiu o papel de “cuidador”, compartilhando sua comida favorita e ensinando o caçula até mesmo a mastigar, o que é extremamente difícil para um autista, devido à condição que dificulta a interação com outras pessoas.

Porém, esta não foi a única mudança, que a família considera como mais uma cura: a própria mãe de Matheus e Angelo possui uma deficiência medular que a faz necessitar de uma cadeira de rodas e medicamentos para controle da dor. Entretanto, ela conta que, depois de muito tempo, o medicamento começou a fazer efeito e, nas palavras dela própria, se sente “ótima”.

favorite Que o beato Carlo Acutis interceda por nós, jovens, para que saibamos usar os meios de comunicação digital como ferramenta para a evangelização e para a promoção do bem! 

Fonte: *Com informações de Campo Grande News

COMPARTILHE

Sobre santuario

Santuário Nossa Senhora de Fátima. Av. Almirante Barroso 1363 Cep.: 68900.040 - Santa Rita Contato: (96) 3222-0963/ (96) 99146-2700 Email: santuarionsfatima.mcp@hotmail.com

Comente

Seu email nao sera publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*

x

Checado

Santuário de Fátima promove a 15.ª edição do Curso sobre a Mensagem de Fátima

Iniciativa realiza-se entre 13 e 15 de novembro e será ...