Acesso Rápido

Papa responde: o que não pode faltar na vida do jovem?

Encontramos o Pe. Joãozinho durante a Assembleia da CNBB e claro que não pudemos deixar de perguntar um pouquinho mais sobre o livro do Papa Francisco “Deus é jovem”, do qual o sacerdote brasileiro fez a tradução para o português.

Perguntamos a ele: Por que um jovem leria o livro do Papa Francisco? Segue a resposta incrível de Pe. Joãozinho!

Eu tenho me perguntado muito isso porque, às vezes, eu acho que o papa está falando muito mais para os pais e professores do que para os filhos e alunos. Mas, o papa consegue entrar no coração do jovem e falar com ele.

Aliás, o Thomas Leoncini que entrevista o papa, logo no início, diz: “o senhor se lembra da sua juventude?” E o papa diz: “eu lembro quando eu tinha 16 anos” e aí ele volta na sua adolescência. Depois ele fala “e quando eu era jovem…” e aí ele fala da vocação.

E depois ele começa a mostrar que o jovem hoje está numa sociedade líquida, a modernidade é líquida, mais do que isso, a modernidade já passou né? O jovem está na pós-modernidade gasosa.

Diante disso, Pe. Joãozinho faz uma metáfora para nos ajudar a entender:

O jovem se encontra diante do mar, atrás dele tem uma montanha, uma praia, uma cidade, mas diante dele tem um horizonte e o jovem quer ir pra frente, ele não quer andar de ré, ele quer ir pra frente. E ele quer avançar para águas mais profundas nesse mar que está cheio de névoa, mas é de noite. E aí aparece um papa que diz, como Jesus disse aos apóstolos, “avance para águas mais profundas”.

E o jovem tem duas possibilidades: ou ele vai com barco, com remo, com coragem, e desbrava o novo, e Deus é aquele que faz tudo novo, então Deus é jovem. Então, ou ele assume a sua identidade jovem e vai mar adentro, ou ele volta e se envelhece.

Ou ele se apega a certezas sólidas que estão atrás e volta pra pré-modernidade. Já não está mais nem numa modernidade líquida e se torna refém de ideias sólidas, às vezes, muito à direita, às vezes, muito à esquerda, e se torna mau humorado.

Então, o papa no final responde a última pergunta do Leoncini:

O que não pode faltar na vida de um jovem?

O papa pensa e diz: “O humor”.

Não pode faltar a graça. Aí eu lembro, né? Vocês são jovens marianos, Maria é aquela que o jovem anjo, Gabriel, chama de “cheia de graça”, cheia de amor, mas também cheia de humor.

Nunca se esqueça de, como dizia Santo Tomás de Aquino, “que Deus brinca”.

COMPARTILHE

Sobre santuario

Santuário Nossa Senhora de Fátima. Av. Almirante Barroso 1363 Cep.: 68900.040 - Santa Rita Contato: (96) 3222-0963/ (96) 99146-2700 Email: santuarionsfatima.mcp@hotmail.com

Comente

Seu email nao sera publicado. Campos marcados so obrigatorios *

*

x

Checado

Santuário de Fátima promove a 15.ª edição do Curso sobre a Mensagem de Fátima

Iniciativa realiza-se entre 13 e 15 de novembro e será ...